segunda-feira, 14 de maio de 2012

A gente tem que pensar...



 Assisti um filme em que um homem tetraplégico disse para alguém: "Aproveite cada momento de sua vida". Ele, limitado e praticamente imóvel sabia exatamente o que dizia. Por um pequeno instante me dei conta no quanto reclamamos e dependemos de tolices para poder sorrir.

Quantas e quantas pessoas não queriam nada além de pernas saudáveis para poder andar e ter liberdade. Quantas pessoas gostariam de estar em sua casa com sua família em um domingo qualquer. Pessoas que nesse minuto estão no hospital com sua vida comprometida e desacreditada.

Meu Deus, existe tantos detalhes que não nos damos conta. Tantas e tantas pequenezas que passam despercebidas e não valorizamos. Coisas simples que se tornam gigantes e que dinheiro nenhum é capaz de comprar. A vida é curta, incerta e relativa. Bom mesmo é aproveitar enquanto pode e enquanto o tempo permite.
Não sou a dona da verdade e nem metida a psicóloga. Mas acho que vezenquando é bom a gente parar e pensar um pouco. Não custa nada, a vida ta aí. Sempre acontecendo.




Karine Melo.


7 comentários:

  1. E é isso que sempre ando falando para as pessoas!
    Tem tanto mais ali, além, que nós vemos e precisamos mas não damos a devida importância!
    Enfim, bom texto!!

    ResponderExcluir
  2. oi Karine,

    é isso,
    viver os detalhes,
    as coisas simples,
    porque o tempo passa rápido,
    e de repente não vivemos nada...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. E quanto exemplos de vida temos né! abraços

    ResponderExcluir
  4. É bem verdade. O tempo passa e nem nos damos conta do monte de coisa que também passa despercebido!
    beijo, flor

    ResponderExcluir
  5. Não devemos viver esperando a felicidade plena. A vida é feita de vários momentos felizes, devemos aproveitar cada um deles como se fossem o último.

    ResponderExcluir
  6. A vida merece uma atenção maior do que críticas e insatisfações.
    Você tem plena razão em sua abordagem.
    Podemos correr atrás do que quisermos, basta usar o tempo que nos lamentamos em outro tipo de energia.
    Canalizar o melhor sempre, pois é possível mudar qualquer coisa.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Karine, bom dia!!
    Menina, é um texto muito inspirativo! A percepção da vida, em sua essência, beleza, grandeza, razão e utilidade está ao alcance da pessoa mais singela, e ainda assim, a maioria de nós não o percebe. Aqui, de uma forma linda, você mostra uma das últimas oportunidades que o ser humano tem de valorizar a vida, que é vendo a infelicidade absurdamente maior de outro; depois disso, só mesmo quando somos nós que corremos o risco de perder o que temos ou, no último estágio, quando de fato perdemos.
    Mas existem ao menos quatro oportunidades de valorizar a vida antes disso. É, ao mesmo tempo, uma pena, mas também uma esperança, que alguém encontre a felicidade de viver ao ver a dor alheia. Pois, neste caso, ainda há muita coisa por fazer!
    Amo este blog!
    Um beijo carinhoso
    Doces sonhos
    Lello

    ResponderExcluir