quarta-feira, 28 de julho de 2010

Gostar-se é aceitar-se.



Ultima semana de Julho e o tempo continua correndo, quer dizer, voando. Ou só eu percebo que um dia desses, um dia que parece ser mês passado, era reveillon? E já estamos aqui, beirando Agosto, superticiosamente conhecido como o mês do desgosto. Coisas que há muito tempo atrás, os romanos inventaram. Eu, particularmente, prefiro não acreditar nisso. Creio que ter pensamento positivo atrai coisas boas. Então, que seja assim, um Agosto bem lindo, e como o Caio Fernando, eu também repito: que seja doce... Ahh, e será!

Tudo deve começar dentro da gente, coisas que vem de dentro, da alma, do eu. Entende? Então, puxa uma cadeira, senta mais perto e deixa que eu te explique melhor.

A vida não é simples, pessoas, menos ainda. Costumo dizer que cada cabeça é um mundo, e é. Ideias, opiniões, críticas, concepções, enfim, tudo, tudo nos difere uns dos outros. Cada pessoa tem sua maneira de encarar certas coisas, melhor dizendo, cada um tem sua maneira de encarar a si próprio. E o que eu acho super importante na vida pessoal é a autoestima, sempre gostei de refletir sobre ela. Depois que essa palavrinha perdeu o hífen por conta do acordo ortográfico, achei ela mais bonitinha, assim, juntinha, única.

Não interessa se você é homem ou mulher. Uma coisa é certa, todo mundo precisa dela. Não importa a idade que você tenha, não importa a cor da sua pele, se você é alta (o) ou baixa(o), nem se você tem cabelos lisos, cacheados,ou crespos, se são loiros, ruivos ou pretos. Não importa se você usa ou não as melhores roupas da estação, se sua pele parece ou não com uma bundinha de bebê... Nada disso deve estar em jogo quando se trata da admiração por você mesmo.
 
A baixa autoestima revela uma pessoa que não acredita em si, que não se aceita, que guarda seus sentimentos a sete chaves, que não se socializa de uma forma livre e espontânea. Temos a tendência de nos valorizarmos para os outros e não para nós mesmos. Consequentemente, perdemos o gosto da vida e do viver.
Penso que, para ser feliz, a autoestima deve estar em um bom nível, quanto maior, melhor. Não, mas não confunda com exageros egoístas, como pessoas que só olham para seu umbigo e não se importam com ninguém. Me refiro ao bem-estar, sentir-se bem, olhar para si e não se lamentar por não ser uma Gisele Bunchen da vida. Falo dele, o fundamental amor-próprio.

Bom, não tenho a menor pretensão de escrever mil linhas sobre dicas infalíveis para melhorar sua autoestima. Até porque eu tenho lá as minhas fases meio-sei-lá. Você sabe, sou normal, acordo com os cabelos nas alturas,e com olheiras-urso-panda. Sou imperfeita, e as vezes compro brigas com todos os espelhos existentes. Acredito que beleza não nos dá garantias. Do que adianta ser incrivelmente linda (o) e ter um coração feio e sujo? Nada.

Primeiro você precisa descobrir as coisas que te incomodam. Se são os famosos quilinhos a mais, para eles, uma boa dose de disciplina e força de vontade resolve, só depende do teu esforço. É apenas um exemplo, se o que te incomoda são outras coisas e não a balança, vai em frente, vai a luta, invista em você. Defeitos aqui e ali todo mundo tem, o que dá pra mudar, ótimo, muda, o que não dá, aprenda a conviver com isso sem frustrações.

Autoestima é sua responsabilidade, é o que você é para você. Se conheça, se reconheça. Mude sua atitude, mude para seu melhor. Não se envergonhe, não deixe os padrões te colocarem para baixo, não se deixe intimidar, não se reprima. Tome posse de você mesmo, construa seu amor-próprio, não queira ser ninguém alem de você. Cuide-se, ame-se. A sua vida é para você. Gostar-se é aceitar-se.

Não faça as pazes apenas com os espelhos que te refletem, faça, principalmente, com os da tua alma, é lá onde tudo começa. Dentro de você.


Karine Melo.

25 comentários:

  1. Quando nos amamos criamos em nossa volta uma luz que é só nossa, e é isso que nos faz ser notadas e faz com que os outros também gostem bem mais da gente.


    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  2. Gostar-se é aceitar-se. Perfeito!

    Bjs no core

    ResponderExcluir
  3. Ama-se primeiro a nós mesmo para depois amamos aos outros!
    Afinal se nós não nos amamos quem irá nos amar né!?
    Belo texto ;D
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Somos todos irmãos..
    Não seria essa a idéia?
    Uma aula Karine..
    Bravo!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Tua última frase resume bem o que penso: a autoestima (escrevo assim sob protesto, odeio a reforma ortográfica, ela fez de mim um analfabeto) mais fácil de se resolver é a que se refere à estética, porque o que está do lado de fora é bem mais tranquilo de ser arrumado.
    O problema é quando a pessoa não gosta de ser quem é, da própria personalidade, ou pior, quando não enxerga que seu jeito de ser é prejudicial a si mesmo.
    Desde os primórdios da minha adolescência que invisto nas minhas qualidades e tento gostar de mim em primeiro lugar, para que depois os outros possam fazer isso. E, atesto, deu muito certo.

    Excelente reflexão. Tuas opiniões são sempre pontuais, estou virando freguês por aqui.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. O segredo de tudo isso que vc citou, é a paz espiritual, e para obte-la é isso, estar bem consigo mesma.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  7. Adoooooooooooooooorei o que vc escreveu, maravilhoso! não sei como cheguei no seu blog, mas era tudo que eu precisava ler..acredite!

    parabéns...

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. tento fazer no hj , alguém melhor que o onttem, ser solidária, levar amor no coração, exercitar um olhar de beleza no outro e na vida, mesmo sabendo que há tantas coisas feias ao meu redor, pingar gotas de açucar nas minhas asperezas, exercitar o bem, é o que eu tento...

    Me preocupo mais com meu sumo o que com a casca,pq a beleza legitimizada , a beleza física é perecível, superficial... deixo que a essencia prevaleça , que ela se fortaleça...e ela que mantem a minha autoestima.


    ps: não sei nada sobre o acordo autográfico, mas tb gostei dela mais juntinha...hehehe

    Um beijo Ká,

    Erikah

    ResponderExcluir
  9. Oi linda, obrigada pela visita, estou te seguindo tb, amei seu texto, e qse todos nós, principalmente as mulheres, temos uma pouco de dificuldade em se aceitar...mas se Deus quiser o mundo irá progredir!
    Amei a foto também, que lugar lindo,meu deus!
    beijao!

    ResponderExcluir
  10. QUE BONITINHO ESSE TEU TEXTO. JÁ DISSE E REPITO, TU ESCREVE MUITO BEM, E COM DESENVOLTURA.. ISSO É RARO. E É BEM ARTICULADA NAS IDÉIAS.. ENFIM, VIREI FÃ..rs AGORA VAMOS AO TEXTO. BEM, EU PENSO DA SEGUINTE FORMA.. SÓ UMA PESSOA COM UM GRÁU DE SENSIBILIDADE ACIMA DAS DEMAIS, PRA ENTENDER QUE O PRIMEIRO AMOR, É O AMOR PRÓPRIO...

    QUEM NÃO SE VALORIZA, ABRE MÃO DA FELICIDADE. EU JAMAIS SEREI FELIZ, SE EU NÃO ME GOSTAR. DE QUE ADIANTA AS PESSOAS DIZEREM QUE SOU LINDO E MARAVILHOSO, SE A NOITE QDO CHEGO EM CASA, EU NÃO ME SUPORTO E NÃO GOSTO DO QUE VEJO? ISSO PASSA MUITO, PELA SENSIBILIDADE.. AS PESSOAS MAIS SENSÍVEIS, E QDO ME REFIRO A SENSIBILIDADE, EU FALO NO SENTIDO DE VER AQUILO QUE VAI ALÉM DO QUE OS OLHOS ESTÃO VENDO, TEM UMA PERCEPÇÃO DE SI MESMAS, DIFERENTE DAS DEMAIS, E TALVEZ CONSIGAM SER MAIS FELIZES CONSIGO MESMAS.

    É DIFÍCIL ENSINAR ALGUÉM, A TER AMOR PRÓPRIO. ISSO GERALMENTE, É UMA CARACTERÍSTICA DA PESSOA, E ELA NÃO É ASSIM SÓ COM ELA MESMA.. O JEITO DE VIVER, JÁ É UM POUCO ASSIM TBÉM.

    QUEM SE AMA, E GOSTA DE SI, ESTÁ BEM ENCAMINHADA NA VIDA, PARA A FELICIDADE.. EU ACREDITO MUITO NISSO.

    aaaaah.. e pare de escrever esses textos, que me fazem parar tudo aqui, pra ler e refletir.. tô eu aqui agora, no meio da tarde, falando de amor próprio, e sensibilidade.. eu fico lendo aqui, e viajando nas tuas frases..rs Paciência ué, o texto tava bom..rs

    Beijos pra ti Karine

    ResponderExcluir
  11. é verdade, todos os dias me vejo de frente a um pc olhando orkut, e-mails, blogs, meus blogs e me esqueço de que realmente preciso fazer, é sentar em uma cadeira confortavel e escrever meu livro que tenho deixado um pouco para trás em segundo plano, é Agosto já está ai, e eu continuo parada sem auto estima pra nada. Valeu á penas estar aqui e ver mais de suas postagens beijos se cuida.
    Obs: sei que nem te conheço , mas me sinto muito a vontade aqui perto de suas palavras perto de quem nem conheço.!

    ResponderExcluir
  12. re-aprendendo. lugar de luz e arte...
    abs

    ResponderExcluir
  13. disse tudo.
    eu balanço vezenquando e a auto-estima vai lá embaixo, mas depois vem aquela frasezinha bom na cabeça: se você não se amar, ninguém vai ser capaz disso. aí é hora de levantar a cabeça, mudar de espelho, usar a melhor roupa e trocar de humor rs :D

    belo texto :*

    ResponderExcluir
  14. A beleza deve estar, primeiramente, nos olhos de quem se vê. O que outros verão deve ser uma mera consequência.

    Beijo doce!

    ResponderExcluir
  15. Karine, além de você não ter errado nas suas afirmações, fez todas elas com bastante maturidade.
    Gisele Bünchen? Ora você e bem mais bonita do que ela, basta comparar. Só não afirmo isto defilando.
    Enfim, seu recado foi dado. E muito bem dado!

    Carinho,
    Jorge

    ResponderExcluir
  16. Amar é a loucura que só faz bem. Clichê? Talvez, mas é o que nos move!

    Bjos.

    ResponderExcluir
  17. Autoestima é ter amor próprio.
    Condição essencial ao indivíduo para identificar-se com seu eu interior e relacionar-se com outras pessoas.
    É ter auto-confiança e se auto-respeitar.
    Acreditar, e viver literalmente.

    Adorei o texto, Karine


    Um beijo, querida

    ResponderExcluir
  18. Vale muito mais a beleza interior de uma pessoa do que a imagem que todos vêem. Gostei! :)

    ResponderExcluir
  19. Karine, encontrei seu blog atraves de uma amiga, já salvei nos meus favoritos, porque aqui encontrei coisas que só fazem bem de ler.

    E você tem uma maneira adorável de escrever.

    Parabéns.

    Deixo um abraço.

    ResponderExcluir
  20. ola nossa como sempre seus textos caeem como luva para mim rsrs...
    aprendi que precisamos sempre nos amar preimeiro,e acreditar nos nossos maiores desejos, ate aqueles mesmo que achamos que sao bobos, mas acreditar sempre,e claroo amar ,pois este é o lado bom da vida, poder nos amar e amar alguem, parabensssssssss bjs

    ResponderExcluir
  21. Olá Karen
    eu nunca vi ao seu blog, mas apartir de agora vou vim sempre pois eu adorei seu texto e quero acompanhar outros e outros...

    Realmente temos que nos amar, que deveria ser algo simples, mas é algo tão complicado, ter que lidar com os padrões de beleza " ser magra" é mais fácil de encarar do que " aquela gordinha ali". Tirando os outros fatores...

    Beijos e bom fds.

    ResponderExcluir
  22. Uau, sábias palavras...sabe eu ainda preciso me adaptar à certas coisas no meu Eu...tipo sou mega insegura em mtas coisas,mas enfim....vivendo e aprendendo neh...otimo texto, gostei mto!!! Flor vou seguir vc por aqui e gostaria mto q vc pudesse seguir o Diário afinal suas sábias palavras podem me ajudar mto mto mto.....
    Espero ver vc lá

    http://crisdiarionline.blogspot.com

    beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Antes de tudo amar-se ...

    Lindo texto... pensamentos preciosos...

    BjinsSS!!!

    ResponderExcluir
  24. Conhecer seus defeitos e suas qualidades, e amar-se sem culpas ou vergonha é mesmo fundamental (apesar de difícil algumas vezes...)

    Obrigada pela visita e pelo comentário.

    bjs :*

    ResponderExcluir